Ah, a criatividade….Ao mesmo tempo em que hoje em dia a gente consome tanto tempo vendo tantas coisas novas surgirem e acabamos distraídos pela ansiedade na hora de criar por nós mesmos, existe o outro lado de a gente descobrir o quanto existem milhares de maneiras de usarmos coisas que já existem para criarmos o novo.

A criatividade é a inteligência brincando

Eu tenho uma paixão desde criança por dança e por esportes radicais individuais. Com uma personalidade extremamente introvertida até em média meus 23 anos de idade (exceto depois de beber umas), esportes em grupo com pessoas me encostando e chutando a minha canela sempre foram um pesadelo pra mim. A dança é uma coisa que sempre fez com que eu me desconectasse do mundo e me conectasse a um lado bonito de mim que eu tinha dificuldade em enxergar no meu dia-a-dia, o que colaborou e ainda colabora muito na construção da minha auto-estima. Já a pira com surf e skate vem do fato de serem coisas que me trazem uma adrenalina, desafio e senso de controle, foco e equilíbrio que também me ajudam muito na minha evolução pessoal.

Sempre imaginava como seria uma misturinha dos dois, da adrenalina e liberdade das rodinhas e pranchas com toda a expressão e emoção evocada pelas danças. Sempre pensei ¨se algum dia eu criasse algo relacionado a esportes, seria misturar dança com surf e/ou skate¨. Claro que se você assistir uma apresentação de patinação no gelo, por exemplo, ou qualquer outra coisa dentro da modalidade Freestyle, vai ver que aquelas pessoas estarão dançando, se expressando corporalmente. Mas mesmo assim a maioria continua sendo bem técnica e parecida, não é aquela coisa que te dá vontade se mexer junto. E bom, não é que que nesses Youtubes da vida encontrei algumas maravilhosas criativas fazendo isso? Tomem uma listinha e se inspirem. Achei algumas de roller e coloquei aqui também.

SOFIA BOGDANOVA

Patinadora Freestyle russa. Coloquei essa que ela tá dançando Evanescence porque fui uma adolescente nerd sofredora que ouvia essa gotiquisses o dia inteiro alto pra kct. Ela dá umas trançadas na perna que você fica tipo ¨como o ser humano faz isso?¨, e tem só 9 aninhos.

Ana Maria Suzano

Essa é brasileira, e como estou aprendendo a andar de Skate tenho pesquisado muitos vídeos no Youtube e acabei trombando com os vídeos dela. Esse descalça e de vestidinho mesmo é demais.

Asha Kirkby e Erika Cordeiro

Agora uma brasileira e uma americana, de novo sobre patins, com mais gingado dessa vez.

Sang Jeong Coreana

Nota 10 em criatividade pra essa coreana. Ela não só dança no long dela, mas criou toda uma identidade e uma marca pra ela. Prato cheio pra euzinha que sou a louca do branding. São flores de cerejeira, look, cenários, edição de vídeo com filtros combinando e até os saltinhos que ela dá, combinados com a trilha sonora, que traduzem essa coisa cute – doll – inocente – sweet que é tão forte em algumas tribos da cultura oriental. Esse vídeo instiga uma vontade de viajar também.

Sang Jeong Coreana

(de novo). Mais dois vídeos dela, esses mais produzidos, como se fossem um video clipe mesmo. 😀 Acho que o que me encantou tanto é que ela representa uma quebra de estereótipo e de paradigma (como eu amo isso s2). Ela quebra a ideia geral tudo ou nada de skatistas mulheres serem ou masculinizadas ou super gostosas radicais do Canal Off (s2 pro Canal Off que é um dos únicos que eu assisto). Ela é fofa bonequinha, ao mesmo tempo com um carro ostentação e mesmo assim tem um espírito de aventura e adrenalina dentro dela. Why not?

Michelle Barrios, Laia Muñoz, Núria Hospital

3 espanholas em cima de patins fazendo uma coreografia. Com elas descobri que existem escolas de dança com essa modalidade de dança no patins! Achei sensacional

Várias mina

Gente!!! sério, é uma liberdade e felicidade que sai dessas meninas nesse vídeo dançando, patinando e se divertindo como se não houvesse amanhã no meio da cidade que dá muita vontade vender uns bens que não possuo e comprar um patins agora.


Pra encerrar, essa maravilha de 1979 em que de fato as pessoas faziam BALADAS onde elas dançavam no patins! Por que não tem mais disso, gente? Quero já!